Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

As ligações perigosas de Serra e Gilmar Mendes

O golpe que o PSDB e uma certa emissora de Tv queriam aplicar

Reproduzo aqui publicação do site de Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

A “bala de prata” é a maior fraude da história política do Brasil
Indivíduos do Capital e da região de Sorocaba, com diversas passagens pela polícia (roubos, receptação, assaltos à mão armada, seqüestros etc.) foram contatados por políticos ligados ao PSDB local através de um elemento intermediário com trânsito mútuo;
Foram informados de que “prestariam serviços” e levados até um shopping da cidade de São José do Rio Preto;
Lá mantiveram encontro com outras três pessoas, descritas como “muito importantes”, e receberam um adiantamento em dinheiro vivo;
Não se tratava de qualquer encomenda de morte, assalto ou ato criminoso tão comum para os marginais recrutados;
Imediatamente, tais bandidos foram levados até o Rio de Janeiro, a um bairro identificado como Jardim Botânico, onde ficaram confinados por dois dias;
Uma equipe de TV, num estúdio particular, gravou longa entrevista com os bandidos. O script era o seguinte: …

Um importante alerta do presidente Lula

Marcos Coimbra: "Dilma vence no primeiro turno"

Imagem
Entrevista, por email, do presidente do Instituto Vox Populi, o sociólogo Marcos Coimbra, ao Poder Online:

Marina Silva está crescendo sobre votos de Dilma Rousseff?
– Não dá para dizer. Dilma cresceu tanto após o início do horário gratuito da propaganda eleitoral que roubou votos dos outros dois. Agora, esses votos estão, ao que parece, voltando para eles.
Quantos votos, de fato, Dilma precisa perder para que haja segundo turno?
– Nos dados de nosso tracking (corroborados por vários outros que temos de pesquisas desenvolvidas em paralelo), a vantagem dela para a soma dos outros estava em 12 pontos percentuais ontem. Se 6 pontos passassem dela para os outros, a eleição empataria e o prognóstico de vitória no primeiro turno seria impossível. Como cada ponto equivale a mais ou menos 1,35 milhão de eleitores, isso seria igual a 8 milhoes de eleitores (sem raciocinar com abstenções).
Marina Silva pode ultrapassar José Serra?
– É muito pouco provável, no conjunto do país. Possível em alguns luga…

O metalúrgico que calou a boca dos almofadinhas demotucanos

Paulo Souto e o Topa; primarismo técnico ou má fé

O alarido do candidato Paulo Souto (Demo) em relação aos números do Programa Todos Pela Alfabetização, o Topa, não se sustenta. O Governo da Bahia já alfabetizou 500 mil pessoas desde início do programa, em maio de 2007. Resultado: é o Estado que mais avançou na erradicação do analfabetismo no país, segundo o próprio IBGE. E os dados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (PNAD) já refletem isso. Mas Souto apega-se a esses mesmos dados para fustigar o candidato do PT à reeleição, o governador Jaques Wagner. Só que Paulo Souto compara abacaxi com melão e erra por primarismo técnico ou má fé.

A questão: a PNAD aponta o número de 86 mil novos alfabetizados na Bahia. Então o que difere tais dados dos registros do Programa Topa? É bom saber para não construir ilações sem fundamento, como faz a oposição.

Ao fato: a PNAD é uma sondagem anual por amostragem probabilística de domicílios, realizada em todo o território nacional. Ou seja, do ponto de vista metodológico esse tipo de pesq…

Lula: "nove ou dez famílias controlam a mídia no país"

Numa das entrevistas mais importantes da sua trajetória à frente da Presidência, Luis Inácio Lula da Silva faz, de forma simples e direta, profunda análise da situação que o país atravessa nesses dias.

Entenda o que é o PIG

Um brado contra o golpe midiático

É, mexeu mesmo. O ato “contra o golpismo midiático e em defesa da democracia”, que ocorrerá nesta quinta-feira, dia 23, às 19 horas, na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, tem gerado reações entre órgãos de comunicação corporativos e diversos comentaristas e colunistas a estes ligados.

As famíglias Frias, Civita, Marinho, Mesquita e um centurião de sabujos menores alardeiam que se trata de iniciativa convocada por “sindicalistas ligados ao Governo”.

Mentira.

O protesto é puxado pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, entidade fundada em 14 de maio último, que reúne em seu conselho consultivo 54 jornalistas, blogueiros, acadêmicos, veículos progressistas e movimentos sociais ligados à luta pela democratização da comunicação.

O objetivo da manifestação é chamar atenção da sociedade sobre a partidarização escancarada que as famíglias supracitadas estão fazendo por intermédio dos seus órgãos de imprensa.

Não estão aceitando o rumo do processo político e q…

Dilma desmascara a Folha de São Paulo, o panfleto golpista de Serra e Otávio Frias

FALTAM 12 DIAS ATÉ 3 DE OUTUBRO "ÓDIO E MENTIRA'

Da Carta Maior

Na reta final das eleições de 2010, a mídia demotucana desistiu de manter as aparências e ressuscitou o golpismo udenista mais desabrido e virulento. O arrastão conservador não disfarça a disposição de criar um clima de mar de lama no país nas duas semanas que separam a cidadania das urnas."Ódio e mentira", disse o Presidente Lula, no último sábado, em Campinas, para caracterizar a linha editorial que unifica agora o dispositivo midiático da direita e da extrema direita em luta aberta contra ele, contra o seu governo, contra o PT e contra a sua candidat, Dilma Rousseff. Virtualmente derrotada a coalizão demotucana já não têm mais esperança eleitoral em Serra, que avalia como um 'estorvo', um erro e um fracasso. Sua candidatura sobrevive apenas como o cavalo-de-Tróia de um engajamento escancarado, quase cínico, de forças, interesses, veículos e colunistas determinados a sabotar por antecipação o governo Dilma, custe o que custar. O objetivo é criar uma d…

O envolvimento de Paulo Souto com a lama de Serra, Ricardo Sérgio e Gregório Preciado. O caso da ilha do Urubu. Com a palavra, Emiliano José

Imagem
Emiliano: "Paulo Souto distribuiu benesses entre amigos"

Discurso sobre o caso Paulo Souto e a Ilha do Urubu


Dia 30/09/2009, às 16h20min

O SR. EMILIANO JOSÉ (PT-BA. Pronuncia o seguinte discurso.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje vou falar aqui sobre o nebuloso e escandaloso caso da Ilha do Urubu, ocorrido na Bahia, em novembro de 2006, quando estava em fim de governo o Sr. Paulo Souto, do DEM.
O ex-governador da Bahia, Paulo Souto, está sendo acusado de ilegalidade por Rubens Luis Freiberger e seu advogado José César Oliveira, através de uma ação popular que tramita no Tribunal de Justiça da Bahia acerca do processo que envolveu a doação de terras da Ilha do Urubu, localizada no município de Porto Seguro, área da Costa do Descobrimento, no Extremo Sul da Bahia.
De acordo com as informações fornecidas à imprensa pelo advogado César Oliveira, no processo nº. 359.983-3, ao final do seu governo, Paulo Souto doou a Ilha do Urubu aos herdeiros da família Martins, posseir…

Enfrentar o golpe!

Imagem
É hora de reagir. Faltando pouco mais de 15 dias para as eleições, a oposição, escudada na imprensa consorciada e golpista, busca desesperadamente desestabilizar o cenário, amplamente desfavorável ao seu candidato, José Serra (PSDB). Angariar dividendos políticos mediante escândalos é a única alternativa que lhe resta. É um escracho. Veículos da velha mídia, com o apoio do que há de mais reacionário na direita – DEM, PSDB, militares golpistas e fundamentalistas católicos e evangélicos, entre outros – farão de tudo para levar a disputa ao segundo turno ou mesmo rasgar a Constituição. A saída da ministra Erenice Guerra demonstra o que o conglomerado fascista é capaz de fazer. Ainda teremos duas semanas de bombardeio, com mentiras, ilações e especulações. É uma engrenagem. Os jornais e revistas produzem as capas; o JN repercute em quase 60% do tempo; e Serra usa o material na campanha da TV e rádio. O objetivo é modificar um quadro no qual, até o momento, 73% do eleitorado não muda o vot…

Quatro cidadelas sob ataque: o que precisa ser defendido

Mauro Carrara

Nada está ganho. E, sem alarmismo, a democracia corre perigo. Sempre correu. Sempre correrá.

Setembro é um túnel. É um túnel de fogo. E a temperatura está próxima do ponto de ebulição.

Os partidos neofascistas e o consórcio terrorista Globo-Abril-Folha-Estadão (GAFE) seguem a operação de sabotagem informativa, cometendo crimes que são solenemente ignorados por policiais, promotores e juízes.

E se o objetivo é proteger o Brasil, o Estado de Direito e o processo de crescimento acelerado com inclusão e desconcentração da riqueza, há quatro cidadelas a serem defendidas.

1) As igrejas, sobretudo as evangélicas pentecostais, tornaram-se centros de pregação do ódio e de disseminação da infâmia. Inúmeros bandidos de terno e gravata, autodenominados "pastores", proferem diariamente sermões destinados a caluniar e difamar a candidata Dilma Rousseff. Chamam-na de filha do diabo, assassina de crianças, prostitua e assaltante.

2) A Internet passa agora a ser inundada por milhões…

Pregador da Igreja do Ninguém (1)

Imagem
Vejam essa foto acima. Aí está o Pregador da Igreja do Ninguém em mais um de seus sermões. O Pregador, verdadeiro Messias do povo da Bahia, tem atraido milhares de pessoas nas suas pregações pelo interior do Estado. Como vocês podem ver na imagem acima, lá está ele prometendo a boa aventurança à multidão, que delira com sua presença.

À busca da bala de prata

Imagem
A agenda monotemática dos jornalões e revistas semanais do país nos últimos dias encontra-se, ao que parece, dissociada do Brasil real. Como se fosse um jogral ensaiado, as matérias, chamadas de capa e os comentários da plêiade de colunistas “notáveis” convergem à obsessiva vontade de desequilibrar o jogo eleitoral. A cada semana um “fato novo” surge para ornar os desgastados espaços dos chamados formadores de opinião. Ainda assim, é na díade grande imprensa/colunismo que a oposição partidária, com o auxílio luxuoso da esquadra midiática, está lançando as fichas na esperança de deslocar a eleição presidencial para o segundo turno. Neste mosaico noticioso o agendamento resume-se à quebra do sigilo da filha do candidato José Serra às acusações do suposto tráfego de influência do filho de Eunice Guerra, ministra-chefe da Casa Civil. A partir daí, enquadramentos açodados espraiam-se nas páginas e telas da midiosfera. Na falta de provas, servem ilações e suposições turbinadas por achismos …

Serra está se tremendo! Amaury começa abrir o bico

Imagem
Reproduzo aqui post do Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim. Ele recebeu um documento sob a forma de “Nota de esclarecimento”, assinado pelo jornalista Amaury Ribeiro Jr, da TV Record.

Trata-se de súmula do depoimento que prestou hoje à Polícia Federal em São Paulo, a propósito da “Operação Caribe” sobre lavagem de dinheiro.
O depoimento é em torno do livro que Amaury lançará em breve e que já aloprou Serra – clique aqui para ler “O Livro que aloprou Serra”.
Como leitura complementar, leia o que Leandro Fortes e a Carta Capital publicaram: como a filha de Serra e a irmã de Dantas abriram 50 milhões de sigilos fiscais e o Governo FHC/Serra abafou.
Neste documento, Amaury reafirma que suas fontes são públicas.
Não violou nenhum sigilo na Receita.
E o mais importante: todos os documentos de seu livro estão, desde hoje, de posse da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, além das promotorias distritais de Miami e de Nova York.
Vai chover pena de tucano para todo lado.
Para ajudar o …

Dilma leva Serra à lona

Ombudsman da Folha de São Paulo, Suzana Singer, expõe as víceras do jornal da famiglia Frias

O Ataque dos pássaros

A FOLHA VEM se dedicando a revirar vida e obra de Dilma Rousseff. Foi à Bulgária conversar com parentes que nem a candidata conhece, levantou a fase brizolista da ex-ministra, suas convicções teóricas e até uma loja do tipo R$ 1,99 que ela teve com uma parente no Sul. Tudo isso faz sentido, já que Dilma pode se tornar presidente do Brasil já no primeiro escrutínio que disputa.
Mas, no domingo passado, o jornal avançou o sinal ao colocar na manchete "Consumidor de luz pagou R$ 1 bi por falha de Dilma". O problema nem era a reportagem, que questionava a falta de iniciativa do Ministério de Minas e Energia para mudar uma lei que acabava por beneficiar com isenção na conta de luz quem não precisava.
Colocar uma lupa nas gestões da candidata do governo é uma excelente iniciativa, mas dar tamanho destaque a um assunto como este não se justifica jornalisticamente.
Foi iniciativa de Dilma criar a tal Tarifa Social? Não, foi instituída no governo Fernando Henrique C…

FHC e Serra iam vender tudo! Na mira das privatizações estavam o Banco do Brasil, Caixa Econômica e a Petrobrás

Imagem
Vejam documento do Ministério da Fazenda publicado à época do governo FHC/Serra (clique na imagem para ampliar)

Um passado que condena

Imagem

Bomba!!!! Serra já sabia da quebra do sigilo da sua filha Verônica

Vejam a matéria abaixo. É de outubro de 2009 e trata de vazamentos de dados da Receita Federal, um crime corrente realizado por máfias que comercializavam nas ruas de São Paulo senhas de acesso a informações do imposto de renda de muitas pessoas. Foram vazados dados do presidente Lula, da sua esposa, Mariza Letícia, dos filhos do presidente, do à época ministro da Justiça Tarso Genro e também da filha de José Serra, Verônica Serra, entre outros. Observem que ao ser entrevistado José Serra trata o caso com desdém e não o politiza. Mas qual o sentido de politizá-lo justamente agora se não para a exploração eleitoral do fato?

Balas de prata e os tempos das filhas

Imagem
O que poucos se dão conta é que o uso da “bala de prata” é improvável por uma logística inédita: dessa vez o “lobisomem” e o atirador estão umbilicalmente ligados. Qualquer disparo fulmina os dois. Simbiose perfeita.

Gilson Caroni Filho, da Carta Maior

É cristalino o significado político das últimas declarações de José Serra. Ao comparar, em um telejornal das Organizações Globo, a presidenciável petista, Dilma Rousseff, ao ex-presidente Fernando Collor, o tucano deixou claro que já não lhe sobra margem para argumentos sutis. Quando responsabiliza a ex-ministra pela quebra do sigilo fiscal de sua filha, Verônica Serra, o candidato do PSDB, comprova, mais uma vez, que, neste momento, está refugiado à sombra de togas obscuras e barões midiáticos, aos quais deve prestar vassalagem até o dia 3 de outubro.
Carente de apoio popular, perdendo força a cada dia na classe média, e constatando a decomposição de seu apoio político-parlamentar, Serra só espera sobreviver a partir do apoio que vem obte…

PHA: PT quer ouvir o Amaury. E o Serra começa a amaciar

Imagem
Ricardo Sérgio e Daniel aparecem no livro para enaltecer a biografia do Serra

Stanley Burburinho (quem será ele ?), o reparador de iniquidades, enviou os seguintes comentários sobre a decisão do PT de pedir à PF para ouvir o Amaury:

1 – A PF terá acesso ao conteúdo do livro e começará a investigar antes de o livro ser lançado em 2011 e sem comprometer a Record que contratou o Amaury há duas semanas.

2 – O Serra, sabendo disso, começou a amaciar: já disse hoje ao Estadão que “a motivação não foi eleitoral foi politica!”

3 – O Serra deu tiro no próprio pé.

4 – Aposto que o Serra e a imprensa aliada vão pisar no freio sobre esse assunto de quebra de sigilo.

Leia o que disse o Globo sobre o assunto:

Presidente do PT vai pedir à PF que investigue apuração de jornalista contra PSDB
André de Souza
BRASÍLIA – O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, disse nesta segunda-feira que encaminhará à Polícia Federal três matérias jornalísticas que tratam da apuração conduzida pelo jornalista Amaury …

Tremei tucanato! Amauri Ribeiro Jr. libera a primeira parte do seu livro

Imagem
Os porões da privataria
Amaury Ribeiro Jr.

Introdução

Quem recebeu e quem pagou propina. Quem enriqueceu na função pública. Quem usou o poder para jogar dinheiro público na ciranda da privataria. Quem obteve perdões escandalosos de bancos públicos. Quem assistiu os parentes movimentarem milhões em paraísos fiscais. Um livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr., que trabalhou nas mais importantes redações do País, tornando-se um especialista na investigação de crimes de lavagem do dinheiro, vai descrever os porões da privatização da era FHC. Seus personagens pensaram ou pilotaram o processo de venda das empresas estatais. Ou se aproveitaram do processo. Ribeiro Jr. promete mostrar, além disso, como ter parentes ou amigos no alto tucanato ajudou a construir fortunas. Entre as figuras de destaque da narrativa estão o ex-tesoureiro de campanhas de José Serra e Fernando Henrique Cardoso, Ricardo Sérgio de Oliveira, o próprio Serra e três de seus parentes: a filha Verônica Serra, o genro Alexandre…

E quando Dora Kramer for se explicar aos leitores?

Entre as rodas de jornalistas de Brasília, a conversa que se dá é como a colunista Dora Kramer, cadeira cativa em vários jornais de circulação nacional, vai mudar o rumo da sua prosa depois que a Polícia Federal começar a soltar os conteúdos das investigações sobre a quebra do sigilo da filha de Serra, Verônica. Dora Kramer tem insistido numa tese tão frágil quanto oportunista. E ela vai ter que se explicar aos seus leitores. A colunista deveria fazer como sua colega, Miriam Leitão, que jogou a toalha e agora só fala - e muito mal - de economia.

Acadêmico amargurado

Um certo articulista de jornal soteropolitano, apresentado como escritor e integrante da Academia Baiana de Letras, se utiliza do espaço destinado pelo periódico para tecer as mais estapafúrdias e cretinas análises sobre o panorama político. Rancoroso, o escritor -pode ser ignorância deste blogueiro, mas gostaria de conhecer uma de suas obras, as das prateleiras, claro! -, que não se conforma com o processo sucessório, já que seu candidato não anda bem das pernas, repete exaustivamente seu monotema todos os domingos. N verdade, uma cantinela que torra o saco de qualquer um. Acho que a pólvora que ele pensa deter está muito velha e molhada. Será que o nobre acadêmico acha que forma alguma opinião com suas quimeras?

Boa porrada! Lula diz o que Serra não queria ouvir

Quebra do sigilo da filha de Serra decorreu de briga interna no PSDB

Renato Rovai começa a esclarecer a quebra do sigilo fiscal da filha de Serra

Desde ontem, depois de ter colocado a nota onde apontava uma outra trilha a ser seguida pela investigação acerca da quebra de sigilos, passei a receber emails sobre o episódio.

A história ganhou outra proporção e tomarei todos os cuidados para não cometer aqui nenhuma injustiça ou leviandade.

Publicarei o que tenho até para que outros jornalistas possam seguir as novas pistas.

A primeira questão importante e que não está sendo levada em conta é que apesar de as quebras de sigilo terem sido realizadas no ABC, em Mauá e Santo André, há dois modus operandi distintos.

No caso de Eduardo Jorge, Ricardo Sérgio e os outros envolvidos em casos suspeitos do período das privatizações, a quebra do sigilo foi a partir do uso de senhas. Ou seja, alguém violou o sigilo “por dentro”.

A quebra do sigilo de Verônica Serra se deu com base num documento falso e com a ajuda do contador Atella.

Isso permite imaginar que a ação foi real…

Não ao golpe de Estado! Serra quer vencer com o voto de sete juízes e apoio da imprensa golpista!

Da Carta Maior

IBOPE: DILMA LIDERA SOZINHA EM 20 ESTADOS E NO DF. SUA VOTAÇÃO HOJE SUPERA RECORDE DE LULA EM 2002

É A HORA DO VALE-TUDO:

"...As estratégias eleitorais de Serra nadam contra a corrente ...A saída... é tentar ser, ele próprio, a vítima. A algoz tem que ser Dilma; Lula não tem colado nesse papel... É tênue a separação entre uma acusação - a de que Dilma é a responsável pela quebra de sigilo - e a infâmia, no ouvido do eleitor. Quando a onda está contra o candidato que faz a acusação, um erro [pode ser] fatal... O aumento da rejeição do candidato tucano, desde o início da propaganda eleitoral, é alarmante" (Maria Inês Nassif; Valor;02-08)

CHEGOU O RASPUTIN...

a candidatura Serra desidrata sob taxas alarmantes de perda de credibilidade. Um clima político seco envolve o representante do conservadorismo brasileiro. A menção ao nome 'Serra' registra níveis recordes de rejeição em todas os termômetros de intenção de voto. A pouco mais de 30 dias do escrutínio das u…

Coligação demotucana já tem seu Protocolo de Sião; mas o tiro vai acertar o pé

Imagem
No final do século XIX, em 1897, foi forjado um documento, em russo, denominado Os Protocolos dos Sábios de Sião ou Os Protocolos de Sião. O trabalho foi realizado pela polícia secreta do Czar Nicolau II, que alertava sobre uma suposta conspiração de judeus para dominar o mundo. O texto foi traduzido do original para vários idiomas. Seu propósito era político: reforçar a posição do Czar e colar nos seus adversários a iniciativa de uma gigantesca conspiração internacional. Investigações efetuadas posteriormente identificaram que o documento se tratava de um embuste. Nos anos 30 e 40 Adolf Hitler e seu Ministério da Propaganda citaram os Protocolos para justificar a necessidade do extermínio de judeus. Pois bem, a coligação demotucana está buscando construir seu Protocolo de Sião no intuito de levar a eleição para o segundo turno. É questão de sobrevivência. Mas o tiro pode atingir o pé, de Serra, Sérgio Guerra e, advinhem? Verônica Serra, filha de Serra. A bisbilhotagem nas declarações…

Serra quer fazer do ataque a defesa; ex-governador de São Paulo na verdade se antecipa à lama que será descarregada sobre ele

Imagem
Acima, todos os homens do ex-governador José serra


Leandro Fortes: O dossiê do dossiê do dossiê…

Na Carta Capital

No modorrento feriado de Corpus Christi, os leitores dos jornais foram inundados com informações sobre uma trama que envolveria a fabricação de dossiês contra o candidato tucano à Presidência, José Serra, produzidos por gente ligada ao comitê da adversária Dilma Rousseff. O time de espiões teria sido montado pelo jornalista Luiz Lanzetta, dono da agência Lanza, responsável pela contratação de funcionários para a área de comunicação da campanha petista. O primeiro desses documentos seria um relatório sobre as ligações de Verônica Serra, filha do candidato do PSDB, com Verônica Dantas, irmã do banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity. Uma história tão antiga quanto os dinossauros e já relatada inúmeras vezes na última década, inclusive por CartaCapital.
A notícia sobre o suposto dossiê, que ninguém sabe dizer se existe de fato, veio a público em uma reportagem confusa da revista …